quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Novos cultivares desenvolvidos para produção orgânica foram lançados pela EPAGRI

A Epagri lançou no município de Itajaí novos cultivares de alface e de tomate desenvolvidos para produção orgânica e uma variedade de banana com qualidades nutricionais diferenciadas. De acordo com a Epagri, . Por esse motivo, a Estação Experimental da Epagri em Itajaí (EEI) desenvolveu a alface SCS374 Litorânea e do tomate SCS372 Kaiçara.

Alface

Após sucessivas seleções e avaliações feitas desde 2008 na área de pesquisa em hortaliças da EEI e em propriedades de tradicionais produtores de alface na região, a EEI chegou ao cultivar Litorânea. É uma alface lisa que se destaca dos cultivares disponíveis por apresentar boa produtividade, baixa suscetibilidade às doenças foliares, boa qualidade das plantas, maior número de folhas, bom sabor, bom aspecto visual e bom vigor das plantas. A alface é uma das hortaliças mais populares e consumidas no Brasil e no mundo.

Tomate

O Kaiçara é um tomateiro que apresenta um ótimo desenvolvimento em abrigos de cultivo e nos sistemas de produção orgânica. Ele sofre menor incidência de doenças foliares, como a requeima e a mancha-de-cladiosporium, quando comparado com outros cultivares e híbridos comerciais. Tem folhas mais eretas e curtas, que facilitam a pulverização de caldas fitossanitárias no interior dos abrigos e possibilitam melhor aeração do cultivo, reduzindo a presença de orvalho sobre as folhas e levando a uma menor incidência de doenças foliares.Esse tomateiro produz frutos de elevada qualidade, com formato ‘caqui’, de tamanho médio, coloração vermelha e intensa, excelente sabor e prolongado tempo de prateleira. Outro estaque é a boa produtividade, uma média 5kg de tomates por planta, que associado ao maior adensamento, decorrente do tamanho menor da planta, possibilita elevadas produções por área.Além destas vantagens, o tomateiro Kaiçara é um material genético de polinização aberta, o que possibilita a obtenção de sementes pelo próprio agricultor. Considerando o elevado custo da semente de tomate e que, especialmente na produção orgânica, a utilização de sementes híbridas será restringida, esse novo cultivar da Epagri tem grande importância para o mercado produtor.

Banana nutritiva

A Epagri lança também o cultivar BRS SCS Belluna, que produz uma banana com qualidades nutricionais diferenciadas, rica em fibras, com menor conteúdo de carboidratos e valor calórico mais baixo que os cultivares comerciais. Possui quatro vezes mais amido resistente que a Caturra e duas vezes mais que a Branca, produzindo uma banana naturalmente biofortificada, fato que a diferencia das cultivares hoje em uso pelos agricultores brasileiros. O material genético selecionado é indicado para produção de fruto de mesa e industrialização e excelente para cultivo em sistemas intensivos de produção orgânica e/ou agroflorestais. A BRS SCS Belluna é resistente a sigatoka-amarela e ao mal-do-panamá, e moderadamente resistente a sigatoka-negra, principais doenças que causam danos à bananicultura brasileira e mundial. A escolha do nome é uma homenagem a cidade de Siderópolis (SC), que em anos passados era chamada de Nova Belluno, uma menção à comuna de Belluno, Norte da Itália, região de origem dos imigrantes que fundaram a cidade em 1882.


Fonte: http://sfagro.uol.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...