segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Conheça os tecidos orgânicos

Os tecidos orgânicos são tecidos saudáveis, cuja fabricação não compromete a saúde dos produtores nem dos animais, pois não são utilizados agrotóxicos nem pesticidas, garantindo assim a qualidade do ar, água e solo. Por serem na sua maioria antialérgicos, são recomendados para pessoas com peles sensíveis. Os tecidos orgânicos devem cumprir a regulamentação estipulada pela Associação de Comércio de Orgânicos ou por um órgão regulador, no que diz respeito à produção, ao tingimento e ao manuseio das fibras. É importante procurar o certificado nas embalagens para ter certeza de que se trata realmente de um produto orgânico. Os tecidos orgânicos mais conhecidos são: o algodão, a lã, a seda e o cânhamo. 

Algodão orgânico 
É o tipo mais popular de tecido orgânico. Ele é obtido a partir de sistemas sustentáveis no tempo e no espaço, mediante o manejo e a proteção dos recursos naturais, sem a utilização de agrotóxicos, adubos químicos ou outros insumos prejudiciais à saúde humana, animal e ao meio ambiente, mantendo e recuperando a fertilidade e a vida dos solos e a diversidade de seres vivos. 

Lã orgânica 
 A lã é derivada do pelo de ovinos, criados organicamente. O tecido feito de lã serve como isolante térmico, não propaga chama e não amassa. Na produção da lã orgânica, o número de ovelhas é limitado por área, a alimentação é pura e não há química nos pastos. O tingimento também é realizado com corantes naturais, para não contaminar o solo e os lençóis freáticos, ou muitas vezes são desnecessários, já que as cores ficam por conta das diferentes tonalidades do pelo do animal. 

Seda orgânica 
A seda orgânica é produzida manualmente, sem utilizar agrotóxicos, e é tingida naturalmente, por meio do uso de pigmentos provenientes da biodiversidade brasileira, como cascas de cebola, folhas de manga e sementes de urucum. 

Cânhamo 
O cânhamo é uma fibra natural altamente durável que não requer pesticidas e precisa de pouca água para crescer. Por se tratar de uma fonte renovável, os fazendeiros podem manter plantações de cânhamo ano após ano. As fibras de cânhamo podem ser usadas em vestuário, cosméticos e papéis. Para tornar o cânhamo menos rígido, as fibras geralmente são misturadas com algodão e seda. 

Vantagens dos tecidos orgânicos 
Segundo a Rodale Intitute, os métodos da agricultura orgânica ajudam a diminuir nossa exposição à toxinas como os pesticidas e os inseticidas. O cultivo orgânico também utiliza 50% a menos da energia consumida em uma plantação convencional. Ao comprar uma roupa fabricada com fibra orgânica, além de não ser tóxica, ela vai durar muito mais, pois não tem produtos corrosivos em sua fabricação. Já que as peças são mais duráveis, podem ser usadas em várias temporadas, diminuindo o excesso do consumo. 

Desvantagens 

 A maior reclamação está nos preços. Tecidos orgânicos costumam ser 30% a 50% mais caros do que os sintéticos. Com relação as roupas de tecidos de algodão, a sua lavagem consome grande quantidade de energia. Tecidos de algodão geralmente precisam ser lavados com mais frequência que outros tecidos. Um estudo na Cambridge University constatou que 60% das emissões geradas por uma simples camiseta de algodão são resultados de múltiplas lavagens e secagens. Cuidados Muitas vezes, os tecidos orgânicos e sustentáveis requerem cuidado especial (leia sempre as instruções de lavagem na etiqueta de cada produto). Embora muitos tecidos possam ser lavados à máquina, alguns requerem lavagem a seco ou à mão. Os consumidores conscientes também podem utilizar detergentes livres de fosfato e biodegradáveis e secar as roupas no varal para reduzir o consumo de energia. 


Fonte: http://www.ecodesenvolvimento.org/posts/2012/julho/ecod-basico-tecidos-organicos

Um comentário:

  1. Precisamos de roupas orgânicas com certificação, seja algodão, seda ou outro tecido.
    Loja Capulho - Curitiba
    capulhoorganico@yahoo.com.br
    Rohi

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...