domingo, 21 de março de 2010

O Ministério da Agricultura dos E.U.A exige testes de vestigios de pesticidas em produtos orgânicos


O Ministério da Agricultura dos E.U.A nesta sexta-feira começou a impor regras que exigem o teste de vestígios de pesticidas no local de produção de alimentos cultivados organicamente, depois de uma auditoria expor as principais falhas da fiscalização federal na indústria de alimentos orgânicos.
Os Testes são exigidos por uma lei de 1990 que estabeleceu a base para padrões orgânicos nacionais, mas em um relatório divulgado na quinta-feira pelo gabinete de Phyllis K. Fong, inspetor-geral da agricultura, os pesquisadores afirmaram que não estavam sendo efetuados testes regulares.
O relatório apontou várias falhas no National Organic Program, do departamento de agricultura, que regula a indústria, incluindo a supervisão de algumas operações nos orgânicos no exterior e uma falta de urgência em reprimir comerciantes que vendem falsos produtos orgânicos.
A auditoria não identificou os produtores e processadores que comercializa produtos orgânicos ou falsamente etiquetados. O chefe do Programa Orgânico Nacional, Miles McEvoy, disse na sexta-feira que as regras de execução dos testes foram um dos vários passos que a agência estava tomando para melhorar a fiscalização do setor. Também exigirá inspeções sem aviso prévio dos produtores e processadores de orgânicos e começou a revisões periódicas de produtos orgânicos nas lojas para se certificar que estão rotuladas corretamente e cumprindo os regulamentos federais, afirmou.
"Há um verdadeiro compromisso desta administração para melhorar a integridade deste programa", disse o Sr. McEvoy.
Os testes de resíduos de pesticidas estão previstos para começar em setembro. Será feito pela rede de agentes independentes de certificação que já estão credenciados pelo Departamento para inspecionar e certificar os produtores orgânicos, os transformadores e os alimentadores.
A partir de julho do ano passado, 98 agentes independentes foram autorizados a inspecionar e certificar cerca de 28.000 operações em todo o mundo orgânico, concluiu o relatório do inspetor-geral.
Sr. McEvoy disse que os detalhes das inspeções de pesticidas ainda estavam sendo trabalhados, mas que, provavelmente, focam os produtores cujo risco de contaminação por pesticidas pode ser maior, como aqueles cujos campos orgânicos são cultivados próximos aos campos não-orgânicos ou aqueles que combinam orgânicos e culturas convencionais.
Algumas certificadoras já fazem testes no local, disse ele, mas muitos não o fazem, apenas testando se suspeitar de um problema. O relatório do inspetor-geral afirma que foi realizada uma revisão nas quatro grandes certificadoras, que eram coletivamente responsáveis pela inspeção de quase um terço das operações de orgânicos em todo o país, e foi constatado que nenhum fez testes regulares no local.
O orçamento do programa de orgânicos aumentou para US $ 6,9 milhões para o atual ano fiscal, de $ 3.9 milhões no ano anterior, o Sr. McEvoy afirmou ainda, que sua equipe será quase dobrada, de 16 passará para 31. A administração Obama pretende aumentar o orçamento de US $ 10 milhões no próximo ano fiscal e permitir a expansão do programa para cerca de 40 funcionários.


Tradução e Pesquisa:Mundo Orgânico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...