segunda-feira, 27 de julho de 2009

Produção de inoculante natural


Essa tecnologia é de produção de inoculante natural de microorganismos para recuperação de solos degradados e manutenção da vida do solo em cultivos intensivos,com resultados muito positivos para utilização na aceleração da compostagem e da decomposição fermentativa da biomassa de adubação verde.Deve ser usado com cautela, pois, em excesso, pode causar a decomposição de toda a materia organica do solo.Por isso, os agricultores o tem utilizado apenas 1 vez por ano, no preparo do solo, na proporção de 1:100 (1 litro do inoculante : 100 litros de água), com dosagem de 10 L do inoculante por hectare.Também pode ser utilizado para equilibrar os microorganismos presentes na parte aérea das culturas, contribuindo para a redução da incidência.

Produção de inoculante natural

MATERIAL NECESSÁRIO:
200g de arroz integral ou quirela de milho;
um pote de barro vitrificado ou porcelana;
100 g de açúcar mascavo

ISCA DE CAPTURA OU COLETA:
Toma-se um colmo de bambu de 20 a 30 cm, e corta-se ao meio, longitudinalmente, deixando as duas extremidades fechadas, isto é, não se retira os nos das extremidades. Em uma das partes coloca-se o arroz integral cozido ou quirela de milho. Cozinhar somente com água. O ponto de cozimento é ligeiramente duro. Coloca-se o Arroz ou quirela no colmo de bambu e se junta novamente as partes. Pode fixar com elástico ou barbante. Colocar o bambu com o arroz ou quirela cozidos em um local de mata com bastante humus e serrapilheira. O bambu deve ser semi enterrado sob a folhagem (local com acúmulo de folhas e presença de micélios brancos de fungos).
Se o local estiver muito seco, molhar com água. Depois de 2 ou 3 dias, ou mais, surgem no preparado camadas esbranquiçadas (fungos). O arroz fermentado é retirado do bambu e, então, processa-se a retirada dos pontos pretos, que são fungos que devem ser descartados. O que sobrar deve ser colocado em um recipiente de porcelana ou pode de barro vitrificado e ESTERILIZADO EM ÁGUA FERVENTE POR 20 MINUTOS.

PREPARO DO INOCULANTE:
Adicionar ao recipiente 1/2 parte de açúcar mascavo (em relação a quantidade de arroz ou quirela) e misturar. Deixa repousar por 3 a 7 dias em local fresco e à sombra. Se, ao final desse período, o inoculante apresentar aspecto pastoso e fluído, com cheiro agradável de fermentação é porque ficou bom. Para guardar, coloque açúcar mascavo na mesma medida de arroz ou quirela e armazene na geladeira.

MULTIPLICAÇÃO DO INOCULANTE:
Serão necessários:
um galão (ou tambor, balde, etc.) de 20L,
3 kg de açúcar mascavo e,
tela ou pano limpo para cobrir o galão.
Pegue 1/2 litro do inoculante já preparado, isto é, a quantidade preparada do inoculante, diluída em 1/2 litro de água pura, e coloque em um recipiente com 20 L de água pura.
Acrescente 3 kg de açúcar mascavo e agite.
Após isso, cubra o recipiente com uma tela ou pano para evitar a entrada de insetos ou outros detritos.
Agite a solução a cada 3 horas.
Após 3 dias, mais ou menos, dependendo da temperatura ambiente, o inoculante estará pronto, apresentando cheiro de fermentação alcoolica (cheiro agradavável).
Embale o inoculante em vasilhames limpos e esterilizados. Armazene em local limpo, escuro e fresco.

8 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Legal essa receita. Certa vez eu ví uma reportagem que os chineses ou Japoneses (Não me recordo bem) utilizam essa técnica. Isso será muito útil para mim!

    Abraço

    ResponderExcluir
  3. muito bom!!!

    não conhecia essa técnica com o bambu, mas vou testar e ver no que dá!!!

    que Deus ilumine à todos!

    ResponderExcluir
  4. Vocês vendem inoculante de Micorrizas;se a resposta for não,me informe um site que eu possa comprar;pois tenho uma receita de adubo orgânico que vai este componente. Desde já agradeço pela vossa atenção.
    Meu email é pr.aminadabi@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Começei o testes para a produção deste inoculante ( EN40 ) porque tenho um sitio , onde tem agua pura de nascente , e mata fechada , gostaria de trocar algumas informações com voce , para esclarecer algumas duvidas , em breve estarei comercializando este inoculante .Obrigado

    ResponderExcluir
  6. Começei o testes para a produção deste inoculante ( EN40 ) porque tenho um sitio , onde tem agua pura de nascente , e mata fechada , gostaria de trocar algumas informações com voce , para esclarecer algumas duvidas , em breve estarei comercializando este inoculante .Obrigado

    ResponderExcluir
  7. Começei o testes para a produção deste inoculante ( EN4 ) porque tenho um sitio , onde tem agua pura de nascente , e mata fechada , gostaria de trocar algumas informações com voce , para esclarecer algumas duvidas , em breve estarei comercializando este inoculante .Obrigado

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...