quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Orgânicos à mesa nos hotéis e restaurantes do Ceará na Copa

Já está feito o mapeamento dos produtores e empresas cearenses que trabalham com agricultura orgânica e que deverão ser beneficiados com a campanha Copa Orgânica e Sustentável, a ser lançada ainda este semestre. O projeto, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), prevê que estes produtos sejam servidos durante a Copa do Mundo de Futebol de 2014, nos hotéis, restaurantes e supermercados.
"Aqui no Ceará estamos com uma comissão. A gente está coordenando, juntamente com secretário executivo do Conpam (Conselho de Políticas Públicas e Meio Ambiente), Iraguassu Teixeira, e com o Manuel Furtado, secretário adjunto da Secretaria de Pesca e Aquicultura. Já realizamos duas reuniões, aonde fizemos o mapeamento", afirma o secretário adjunto da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), Antônio Amorim.

Próximos passos

Segundo ele, o próximo passo será negociar com a comunidade hoteleira para servir os produtos orgânicos no período da Copa das Confederações e da Copa do Mundo. "E, depois disso, tanto no FNE (Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste), quanto no Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar), você tem linhas de crédito específicas inclusive pra tratar da produção. É uma questão de quebra de paradigma, porque nós temos já mais de 13 mil hectares de produtos orgânicos no Ceará. Agora, isso é muito pouco para tudo o que nós precisamos" disse.
Amorim afirma que o Estado possui mais de dois milhões de hectares plantados, e que a meta é de que metade disso seja ocupada com a agricultura orgânica. "E nós vamos fazer agora que esse grupo possa avançar cada vez mais, porque também interessa ao mercado externo o produto orgânico para a alimentação saudável", reforça, destacando que a Copa será a oportunidade de divulgar estes itens produzidos no Estado.

Kits de irrigação

Entre este ano e 2014, o Ceará deverá receber cinco mil kits de irrigação que serão levados a plantações de 50 hectares, através do Ministério da Integração Nacional, acrescentou o secretário adjunto da SDA. Ele disse que já existem recursos aportados por emendas de parlamentares para a complementação dos kits, permitindo a irrigação de áreas novas e maiores.De acordo com Amorim, o Ministério já fez a licitação dos kits, e a previsão é de que as primeiras 1.500 unidades sejam entregues no 2º semestre deste ano. Os recursos serão aportados a fundo perdido, ou seja, os agricultores não irão contrair dívida. Após a liberação do Ministério, a SDA irá cadastrar os agricultores e realizar a seleção.

Estado planeja produzir laranja

Depois de começar a colher suas primeiras maçãs, que estão sendo plantadas em um cultivo experimental em diversos municípios, e de iniciar estudos para cultivo de peras e figos, o Ceará poderá agora, partir para o plantio de laranja.A empreitada ainda não está garantida, mas o presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico do Estado (Adece), Roberto Smith, terá hoje, reunião decisiva com investidores interessados no projeto."Há interesse, mas eu não ainda tenho resposta. Eles estão analisando, estão nos locais, viajando em vários cantos", informa. Smith diz que já existem áreas que, a princípio, seria propícias ao cultivo, em terras irrigadas.

Sol e tecnologia

"Nós temos área com insolação necessária para a atividade da laranja. Nós temos tecnologia, eles deverão fazer um cultivo preliminar, para saber se as coisas vão dar certo", acrescenta Roberto SmithO presidente da Adece adianta que eles (investidores) estão estudando também o custo da terra e querem saber em quê que o Governo do Estado poderá contribuir para o projeto. "Estão pensando numa produção de cinco mil hectares. A gente vai conversar com eles e ver o que eles precisam", conta Smith.

Consórcio

Ele informou que o grupo é um grande produtor, mas que possui a intenção de fazer uma integração com pequenos produtores no Ceará. "Isso dentro de padrões tecnológicos e desde que haja medidas de controle sanitário, para não gerar problemas. Ainda são estudos preliminares", aponta.


Fonte: http://diariodonordeste.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...