terça-feira, 29 de junho de 2010

Cosméticos orgânicos feitos à base de compostos 100% naturais ganham visibilidade

Derivados do açaí ajudam no combate aos
radicais livres - Appetiteforlife, Reprodução

É possível cuidar da beleza e da saúde sendo ecologicamente responsável. Esse é o principal chamariz dos cosméticos orgânicos. Feitos à base de compostos 100% naturais, eles são produzidos de forma totalmente sustentável, desde o cultivo da matéria-prima usada para sua fabricação até a comercialização. Esse processo garante ao consumidor um produto de qualidade certificada, que não agride pele, mucosas e cabelos.
Os cosméticos orgânicos geralmente são ricos em óleos vegetais, óleos essenciais, manteigas e extratos diversos que promovem resultados menos agressivos ao corpo. Segundo Geysa Belém, farmacêutica especialista em cosmetologia orgânica, o uso de cosméticos certificados traz mais saúde e segurança para a pele.
"Um hidratante facial orgânico tende a ter qualidade superior à de um tradicional. Em vez de conter óleo mineral, que não penetra na pele, leva óleos naturais, muito mais eficientes. Eles estimulam a cicatrização e a produção de colágeno e elastina, além de hidratar profundamente. A mesma coisa ocorre com os xampus "explica Geysa.
Segundo Geysa Belém, que é a responsável técnica de uma indústria especializada em cosméticos orgânicos, as principais causas de alergias e irritações no uso de cosméticos estão relacionadas aos ingredientes sintéticos que fazem parte da formulação."Dessa forma, o cosmético natural orgânico não ofenderá a pele e causará menos danos à saúde, já que está livre de substâncias artificiais,"diz.
Para que um cosmético seja considerado orgânico, é necessário que 95% de sua matéria-prima sejam orgânicos certificados, livres de substâncias químicas, sintéticas ou animais – elementos que poderão ser usados se comprovada sua necessidade e a impossibilidade de substituição por componentes vegetais. As dosagens, tanto das substâncias permitidas quanto daquelas restritas, devem seguir normas previstas pelas certificadoras.
No Brasil, a certificação de cosméticos orgânicos é realizada pelo Instituto Biodinâmico (
www.ibd.com.br) e pela Ecocert Brasil (www.ecocert.com.br). Essas instituições garantem não só o resultado final, mas todo o processo que levou à fabricação de determinado produto. A preocupação com a exploração de recursos naturais é o princípio de todas essas ações. É necessário assegurar o manejo sustentável em todas as etapas: do solo à água usada, passando pelas plantas e flores envolvidos na produção. Os rigorosos parâmetros levam em conta até o controle de pragas, que não deve agredir o ambiente com pesticidas químicos.
Por enquanto, cinco empresas nacionais já receberam certificação para produção de cosméticos orgânicos e exportação de matéria-prima natural: Florestas, Surya, Reserva Folio, Arte dos Aromas e Beraca. A última é a principal fornecedora de compostos naturais para os cosméticos de O Boticário, da Natura e da Jequiti.Esse é um mercado altamente promissor, informa Ming Liu, especialista em cosmetologia orgânica e coordenador executivo do Projeto Organics Brasil.
"Frutas exóticas da Amazônia, como acerola, açaí, cupuaçu e camu-camu, e extratos de andiroba e buriti são os grandes apelos do mercado. O Brasil tem se destacado e criou oportunidades para ser um polo de desenvolvimento do setor e fornecer matéria-prima para resto do mundo" destaca Liu.
"Um hidratante facial orgânico costuma ter qualidade superior à de um tradicional, pois contém em sua fórmula óleos naturais que penetram com mais eficiência na pele", diz ainda a especialista Geysa Belém.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...