quarta-feira, 27 de junho de 2012

Certificação participativa não reduz preço de orgânicos para o consumidor

Idealizada no Brasil, a certificação participativa tem como objetivo, baratear o processo de auditoria dos alimentos orgânicos, porém, redução nos custos para o produtor não deve chegar ao bolso do consumidor.Segundo o coordenador-geral da ABD (Associação Brasileria de Agricultura Biodinâmica), Pedro Jovchelezich, embora a certificação participativa tenha um custo menor para o produtor, os processos utilizados para a certificação dos alimentos orgânicos podem impedir o repasse do desconto ao consumidor. “A certificação participativa gera um custo financeiro menor para o produtor, porém, exige mais empenho dele, por isso não é possível afirmar que a certificação barateará o preço para o consumidor”, explica. 

Auditoria 

 Na certificação com auditoria privada, o produtor de alimentos orgânicos tem um custo de aproximadamente R$ 2 mil, enquanto na certificação participativa, que utiliza um grupo de produtores, técnicos e consumidores autorizados pelo Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), o custo é, em média, de R$ 50.A auditoria, tem como objetivo, comprovar que não foram usados produtos químicos nas plantações. 

Fonte: http://www.infomoney.com.br/

2 comentários:

  1. Adoro produtos orgânicos, além de mais saudáveis são muito mais saborosos. sempre como chás e shakes para mim e minha família. fica a dica para quem quiser também www.kampodeervas.com.br

    ResponderExcluir
  2. Minha mãe adora essa geleia http://oficinadeervas.com.br/detalhe.php?id_produto=752&p=geleia-real

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...