quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Feira de Orgânicos traz em 2010 bons atrativos em Campo Grande


“Abacaxi fashion 2010, o produto promete, até a casca é fina, milho-verde fashion, aproveitem freguesia!” Os agricultores da feira de orgânicos da Capital estão perdendo a timidez e aprendendo a atrair a atenção dos consumidores para os produtos cultivados naturalmente, sem o emprego de agrotóxicos.O aprendizado dos pequenos produtores dos assentamentos nos arredores de Campo Grande passa não apenas pela percepção da importância de divulgar os alimentos orgânicos, mas também pelas estratégias de cultivo. “Estamos aprendendo a plantar, não dá para produzirmos tudo de uma vez, chegamos a perder sementes plantadas fora de época”, constata Adão Soares do Amaral, da Associação de Produtores São Luiz.A adequação do cultivo ao período adequado do ano foi uma lição recente para os pequenos agricultores.
“Os técnicos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Agronegócio (Sedesc) estão nos ensinando sobre as épocas adequadas para o plantio, como no caso das folhas (hortaliças), que são de difícil produção neste período de muita chuva”, explica Adão.Para o extrovertido agricultor Divo Martins, autor do bordão “Abacaxi fashion 2010”, a diversificação da produção é a palavra-chave para melhorar ainda mais as vendas. “Já cultivo abacaxi há cerca de cinco anos, mas pretendo investir na produção de outras frutas, como laranja e ponkan”.A idéia de ampliar as opções de cultivo também faz parte do vocabulário do agricultor Gilson Batistoti.
“Para vender mais precisamos diversificar a produção”. Gilson pontua que se cada agricultor cultivar determinado alimento haverá um equilíbrio na oferta e venda dos produtos orgânicos.A Feira de Orgânicos é uma iniciativa da Sedesc e tem o apoio do Ministério da Agricultura. O evento acontece toda quarta-feira de manhã, na praça do Rádio Clube Cidade.Desde setembro do ano passado, o consumidor campo-grandense tem mais esta opção de mercado para comprar legumes, verduras, hortaliças e frutas.
A comercialização feita diretamente com o agricultor traz a vantagem da economia de preços.Quem ainda não se animou a visitar a Feira de Orgânicos pode seguir o conselho de Divo Martins, quando se deparou com uma freguesa que passou pela sua banca e disse que não era dia de fazer compras. “Hoje é que é o dia, temos preço e abacaxi para todos os gostos, sem falar que a fruta é doce, igual mel”, tentou persuadir o agricultor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...