domingo, 4 de dezembro de 2016

Apesar da crise, o mercado orgânico mundial está crescendo

O setor orgânico global tem boas notícias nestes tempos de incerteza econômica. Apesar das previsões em contrário, o setor orgânico global continua a crescer em valor, área de terra, número de agricultores e do número de países. "O Mundo da Agricultura Orgânica" contém as últimas informações do setor orgânico. Ele é publicado anualmente pelo Centro de Pesquisa de Agricultura Orgânica na Suíça (FiBL) e IFOAM (International Foundation for Organic Agriculture) ,organismo global para o setor orgânico. Alguns dos destaques dos dados recolhidos da agricultura orgânica de 172 países em 2014 mostram os seguintes pontos.

O mercado orgânico mundial está crescendo

A empresa de pesquisa de mercado Organic Monitor estima que o mercado mundial de alimentos orgânicos em 2014 atingiu US $ 80 bilhões. O mercado aumentou de forma substancial de seus US $ 15,2 bilhões em 1999. Os Estados Unidos são o principal mercado, com US $ 30,4 bilhões, seguido por Alemanha $ 8,8 bilhões, França, com US $ 5,4 bilhões e China, com US $ 4,1 bilhões. Em 2014, o mercado orgânico sueca registrou um crescimento sem precedentes, aumentando em mais de 40 por cento - uma taxa notável para um mercado já bem estabelecido.

Mais de dois milhões de produtores

2,3 milhões de produtores orgânicos certificados foram relatados em 2014, mostrando um aumento contínuo dos 200.000 em 1999. Os países com o maior número de produtores foram à Índia (650.000), Uganda (190.552) e México (169.703). 

108 milhões de acres de terras agrícolas orgânicos

Um total de 108 milhões de acres tiveram gestão orgânica no final de 2014, representando um crescimento de quase 1.235 milhões de acres no levantamento anterior (dados 2013). Havia 27 milhões de acres de terra orgânica certificada em 1999. A Austrália é o país com a maior área agrícola orgânica, com 42,5 milhões de acres, seguido pela Argentina, com 7,7 milhões de acres e os Estados Unidos da América com 5,4 milhões de acres. 


Fonte: IFOAM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...