segunda-feira, 11 de junho de 2012

VIII Semana dos alimentos Orgânicos em Rondônia

A produção orgânica, segundo o Superintendente Federal de Agricultura do MAPA em Rondônia, José Valterlins Calaça Marcelino, tem como base, princípios agroecológicos que orientam o desenvolvimento de sistemas produtivos sustentáveis, os quais, buscam preservar a VIDA e promover a sustentabilidade econômica, social, cultural e ambiental no planeta.Para o Superintendente Federal, o consumidor de produtos orgânicos, além de levar para casa um produto saudável, proveniente de um sistema produtivo idônio e confiável que não utiliza agrotóxicos ou materiais sintéticos, contribui para o fortalecimento de uma outra forma de ver a produção agropecuária e agroindustrial, onde se pensa na produção de substâncias essenciais à vida, considerando-se o respeito à Terra e a todos os seres vivos que nela habitam.
Essa consciência do consumidor, conclui o dirigente, levará ao fortalecimento dos produtores orgânicos, em grande parte, agricultores familiares, responsáveis pela prestação de serviços ambientais fundamentais para a sobrevivência do planeta, como a manutenção da quantidade e qualidade de alimentos e da água e a preservação da biodiversidade.Ele conclui dizendo: “é preciso proporcionar a esses consumidores, um maior acesso a informações sobre os sistemas orgânicos de produção e, aproximá-los das pessoas envolvidas com esta proposta.
É neste contexto, lembra o Coordenador Substituto da CPOrg/RO, José Ubiraci de Freitas, foi realizada no período de 27/05 a 03/06/2012, a VIII Semana dos Alimentos Orgânicos, a campanha nacional para esclarecimento dos consumidores, sobre o que são os produtos orgânicos, fazendo uma abordagem sobre os benefícios ambientais, sociais, culturais e nutricionais para os seres humanos e animais, desses produtos, estimulando o seu consumo, ampliando mercados e proporcionando maiores ganhos econômicos para os produtores.
A I Semana dos Alimentos Orgânicos, realizada no ano de 2005, informa o Coordenador da CPOrg/RO, foi um marco para o movimento orgânico, como o início de um trabalho articulado entre organizações governamentais e não governamentais, com o objetivo de aproximar produtores e consumidores, na busca da construção de relações de consumo, pautadas no comércio justo e na melhoria da qualidade de vida no campo e na cidade.
Segundo informa o Chefe da Divisão de Política, Produção e Desenvolvimento Agropecuário da SFA-RO/MAPA, Sebastião F. Farias, a campanha deste ano, está sendo desenvolvida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento-MAPA, em parceria com várias organizações governamentais e não governamentais que compõem as Comissões da Produção Orgânica nas Unidades da Federação – CPOrgs. Em 2012, continua o técnico, o tema se inspira na Conferência Rio +20 e no Programa ABC-Programa de Agricultura de Baixo Carbono, que abordam o desenvolvimento agropecuário sustentável, a erradicação da pobreza e mitigação da emissão de gases do efeito estufa à atmosfera.
Através de iniciativa e trabalho técnico solidário dos representantes dos órgãos/entidades-membros da CPOrg/RO-Comissão da Produção Orgânica do Estado de Rondônia, em suas respectivas áreas de responsabilidades, diz o técnico, a campanha durante seu período, concorrerá para beneficiar consumidores, agricultores, técnicos, estudantes, etc, envolvidos com a produção orgânica, por meio de seminários, reuniões técnicas, dias de campo, oficinas, cursos, degustações de produtos orgânicos e apresentação de vídeos, panfletagem em shoppings e supermercados, feiras livres e atividades artísticas, além de várias matérias veiculadas em jornais, rádios e noticiários de televisão. 

 Fonte: http://nahoraonline.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...