terça-feira, 10 de abril de 2012

Alunos de MG desenvolvem projeto para produção de leite orgânico

Na busca por mais qualidade de vida, muita gente opta pelos alimentos orgânicos. Em Uberaba, no Triângulo Mineiro, um grupo de estudantes de uma faculdade trabalha em um projeto para implantar a produção de leite orgânico na região. Na fazenda da faculdade o pasto já está há um ano sem receber agrotóxicos. O solo está sendo preparado para a produção de leite orgânico. Segundo o professor de zootecnia, Carlos Henrique Cavalari, o gado só pode comer capim natural e não pode receber medicamentos. “Um exemplo clássico: nós tivemos momentos em que apareceram carrapatos. 
Existem medicamentos eficientes no mercado que não podem ser usados nos animais. Então foi feito banho de citronela”, relatou Cavalari.Os alunos do curso de Zootecnia da faculdade participam desde a elaboração das estratégias para eliminar pragas do pasto até a criação de fertilizantes naturais para enfrentar o período de seca. Segundo o estudante José Wagner Borges Júnior, para a implantação do projeto foi criado um sistema de adubação orgânico. “Nós vamos usar um sistema de adubação orgânico, onde a base dele são as fezes dos animais, cinzas e até o leite produzido por eles”, disse.Dez vacas da raça Gir fazem parte do experimento. 
A sala de ordenha está quase pronta e a intenção, conforme a estudante Jaqueline da Silva, é conseguir dos animais o máximo de produtividade sem aplicação de hormônios. “Todas as precauções, todos os cuidados que você tem que ter com estes animais é totalmente diferente no sistema orgânico”, comentou.Conseguir a certificação de produto orgânico já é outro passo. Segundo o técnico da Empresa Brasileira de Extensão Rural (Emater), Willie Gustavo de La Piedra, as exigências limitam a produção. “Não é só a cultura que tem que ser orgânica, é a propriedade também que tem que seguir uma série de critérios”, disse.Em Uberaba, segundo a Secretária de Agricultura, o único produtor certificado abandonou a cultura há menos de dois anos. 
Sem opções no mercado, o operador de som Renato Calheiros montou um canteiro orgânico em casa. No quintal, em um pequeno canteiro, ele cultiva, acerola, cheiro verde e manjericão. Para manter a horta orgânica de forma caseira é preciso disposição para cuidar da terra. “Você vai utilizar materiais usados na cozinha como casca de frutas e verduras. Esse material será reaproveitado em uma decomposição feita de forma natural”, finalizou Renato. 


Fonte: http://g1.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...