segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Franquias apostam no mercado verde como tendência de negócios

O carro chefe do mercado verde são os produtos orgânicos. E agora o setor de franquias também já aposta na sustentabilidade como uma tendência de negócio. A previsão é de um crescimento no setor de 7% no Brasil até 2020.Só no ano passado, os produtos orgânicos movimentaram mais de R$ 350 milhões no Brasil. É hoje um dos mercados que mais crescem no país. A tendência verde ganhou adeptos por toda a parte. Da agricultura mais saudável, sem agrotóxicos, até os cosméticos e produtos de higiene e limpeza.
O empresário Ricardo Cruz entrou neste mercado há 3 anos. Ele é dono de uma rede de franquias verde que fabrica produtos 100% naturais. Tudo a base de plantas. São cosméticos, suplementos alimentares, materiais de limpeza e até produtos para animais de estimação.“O grande prazer é você ter um negócio que você gosta de fazer, um negócio que você vende e tem prazer, as pessoas voltam, aí trazem mãe, trazem filho, pai, essas coisas”, diz Cruz.O investimento inicial foi de R$ 1,5 milhão, além de 2 anos de pesquisas na área de sustentabilidade e no desenvolvimento da marca.
A primeira franquia foi aberta no ano passado e funciona como loja modelo. Os produtos ficam expostos em prateleiras.Na linha de suplementos a franquia oferece opções que vão desde capsulas de aloe vera com vitaminas indicadas para desintoxicar o organismo, até produtos específicos para atletas, e bebidas naturais, como um suco, uma combinação de 12 frutas naturais da Amazônia e cereais e colágeno, ideal para ser consumido entre as refeições.
Os cosméticos também fazem sucesso e estão entre os mais vendidos pela franquia. “Ele é muito mais concentrado, então dá para a gente sentir a diferença muito mais fácil”, diz Daniela Enjoji, consumidora.A rede tem 4 lojas. Uma em Brasília e três no estado de São Paulo. O empresário Wilton Bezerra é um dos franqueados. Ele investiu no negócio há um ano. Gastou R$ 100 mil. E hoje, já fatura R$ 35 mil por mês.“O que me deu segurança numa franquia foi justamente a estrutura. Você não tem aquele risco de um negócio inicial, que você vai empreender, e começa do nada”, diz o franqueado.
São 3 modalidades de franquias. O investimento é a partir de R$ 12,5 mil para quem quiser trabalhar em casa, e pode chegar a R$ 140 mil para lojas de até 50 metros quadrados. “Nos dois primeiros anos, nós pretendemos colocar 200 franquias no território nacional, e cumprir as 800 franquias em seis anos”, revela Cruz.Há 5 anos, a chef de cozinha Claudia Mattos prepara receitas saborosas com ingredientes fresquinhos em seu restaurante. Parte deles colhida na horta que ela mesma planta. São verduras, beterrabas, cebolinhas e até flores. “A gente garante que eles são orgânicos, que os produtos que a gente usa aqui são orgânicos, principalmente com as flores”, explica.O investimento para montar o restaurante foi de R$ 200 mil. As receitas são criadas por Claudia e preparadas na cozinha.Cada dia o cardápio traz uma receita diferente e bem saudável.
Um dos pratos preferidos entre os clientes é o baião de dois, diferente do tradicional. No lugar da carne vermelha entra uma alga. O feijão é o do tipo azuki, de gosto meio adocicado e de fácil digestão.As mesas ficam em um espaço repleto de verde. Quem vem almoçar até esquece que está no meio da atribulada cidade de São Paulo. “É como você tirasse umas pequenas férias no meio do dia. Você relaxa, respira, como uma comida bem feita”, afirma Maria Zulmira de Souza, que freqüenta o local.
O restaurante serve 25 almoços por dia. O preço de uma refeição é de R$ 30. Hoje, o faturamento médio da empresa é de R$ 12 mil por mês. E para o ano que vem, a expectativa é muito boa, crescer cerca de 10%. “A gente foi galgando tudo isso. As pessoas não sabiam o que era, não valorizavam o produto. Hoje já percebo uma grande diferença, as pessoas vêm porque sabem que a gente trabalha com orgânicos”, afirma.


Fonte: http://g1.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...