domingo, 20 de novembro de 2011

Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) receberá projetos para promover os produtos orgânicos

O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) receberá até a próxima quarta-feira (25), projetos voltados para a inclusão do agricultor familiar nos mercados nacional e internacional O objetivo é promover os produtos orgânicos, agroecológicos e agroextrativistas de origem familiar. Poderão participar da seleção instituições privadas sem fins lucrativos que atuem em áreas relativas ao desenvolvimento rural com experiência comprovada de no mínimo três anos em atividades referentes à produção ou promoção de produtos orgânicos.
Com prazo de execução de até 12 meses, cada projeto deverá propor ações a serem desenvolvidas no Brasil e no exterior, como a promoção de produtos da agricultura familiar em feiras e eventos internacionais. De acordo com o secretário de Agricultura Familiar do MDA, Laudemir André Müller, o objetivo é fortalecer a produção de orgânicos e aproximar as pessoas para o consumo desses alimentos. “Cada vez mais, o mercado demanda produtos sustentáveis e orgânicos e quem mais tem condições de produzir esse tipo de produto é o agricultor familiar”, disse.
O projeto selecionado deve propor ações compatíveis com as políticas de fortalecimento da agricultura familiar implementadas pelo MDA, apontando alternativas para a inclusão dos agricultores familiares no processo de comercialização de sua produção que permitam a geração de renda e oportunidades de trabalho. A instituição selecionada terá que orientar e organizar ações para a criação de empreendimentos orgânicos, além de garantir capacitação e assistência técnica aos agricultores familiares.
O MDA apoia a agricultura familiar estimulando a sua participação em feiras e eventos internacionais como a Biofach, na Alemanha, Biofach América Latina, BioBrazil, Sana e Terra Madre. Além disso, promove rodadas de negócios para a comercialização dos produtos orgânicos, agroecológicos e agroextrativistas originários desse perfil agrícola.Desde 2003 já foram movimentados cerca de R$ 50 milhões em mais de 30 eventos no exterior. Este montante beneficiou, aproximadamente, 20 mil agricultores familiares e 300 empreendimentos.

Produção orgânica, agroecológica e agroextrativista do Brasil

A Associação de Agricultores Familiares Orgânicos, Agroecológicos e Agroextrativistas do Brasil (Abrabio), representante da produção orgânica da agricultura familiar brasileira, conta com 50 empreendimentos da agricultura familiar e mais de 12.000 agricultores familiares associados, distribuídos por 18 estados. Esses grupos já comercializaram seus produtos em 34 países e contam com o apoio do Ministério do Desenvolvimento Agrário para continuar operando em um mercado cuja marca é a demanda por produtos de qualidade.A apresentação das propostas deve ser feita pelo Portal dos Convênios (SICONV).


Fonte: http://primeiraedicao.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...