sexta-feira, 15 de abril de 2011

Novo relatório do mercado orgânico Inglês

Segundo o último relatório sobre o mercado de orgânicos Inglês da Soil Association as vendas de produtos orgânicos cairam 5,9 por cento, ficando com 1,73 bilhões de libras esterlinas em 2010, com a taxa de declínio retardando significativamente ao longo do ano.A perspectiva para 2011 é cautelosamente otimista. Apesar da confiança do consumidor na frágil economia, o relatório mostra sinais positivos de resiliência e recuperação para o setor de orgânicos em geral. As histórias de maior sucesso foram às vendas de carne orgânica (acima de 18 por cento), alimentos orgânicos para bebês (até 10,3 por cento) e têxteis orgânicos (até 7,8 por cento).O relatório também mostra que os consumidores gastam mais de 33 milhões de libras esterlinas por semana em todos os produtos orgânicas, e que agora 86 por cento das famílias compram produtos orgânicos.
Os produtos lácteos e frutas frescas e vegetais são as categorias mais populares, o que representa 30,5 por cento e 23,2 por cento das vendas, respectivamente.Embora as vendas através de revendedores múltiplos caíssem 7,7 por cento,passando para 1,25 bilhões Libras Esterlinas,as empresa Waitrose e Marks & Spencer anteciparam um crescimento modesto em 2011, enquanto a Tesco, Sainsbury's, Morrisons e a Co-operative prevêem um equilíbrio de vendas no ano. O setor varejista representou 72,3 por cento do mercado de orgânicos em 2010.A terra sob manejo orgânico diminuiu 0,6 por cento, ficando com aproximadamente 738.709 hectares e agora representa 4,2 por cento das terras agrícolas do Reino Unido, o equivalente a mais do que a área combinada de Somerset e Wiltshire. O número de produtores orgânicos do Reino Unido caiu 4,2 por cento, perfazendo um total de 7.567 em 2010, a partir de um recorde de 7.896 no ano anterior.



Fonte: Organic market report - Soil Association

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...