quarta-feira, 2 de março de 2011

Feira voltada à agricultura familiar incentiva produção de orgânicos no Rio Grande do Sul

Um cultivo bem conhecido de Idilia Eichelberger, 60 anos, é uma das apostas da 11ª Expoagro Afubra. A feira voltada à diversificação na agricultura familiar abriu os portões nessa terça, dia 1º, em Rio Pardo, região central do Rio Grande do Sul, e segue até esta sexta com uma novidade no espaço da Emater: a horta orgânica.
Foi essa alternativa de renda que mudou o cenário da propriedade da agricultora em Rincão de Nossa Senhora, no interior de Passo do Sobrado. Aos poucos o local, onde o fumo tomava o maior espaço, foi ganhando novas cores com plantações de abóbora, pepino, beterraba, rabanete, tomate e outros produtos.
Desde 2007, Idilia participa do grupo Mulheres Guerreiras. Dez produtoras rurais do município se uniram e criaram uma agroindústria, que hoje produz conservas para supermercados e feiras.
”É trabalhoso porque não se pode usar agrotóxicos e é preciso um tempo de adaptação para aprender as técnicas de cultivo, mas é bem mais saudável”diz a agricultora.
No parque da Expoagro, os produtores podem conhecer atividades como a horticultura agroecológica. O produtor aprende sobre técnicas como adubação verde e orgânica e manejo ecológico de parasitas,além de alternativas como floricultura, piscicultura e cultivo de abelhas sem ferrão. A Embrapa apresenta ainda opções como quintais orgânicos e avicultura colonial.
”Quando o produtor decide diversificar, precisa fazer uma avaliação da propriedade, do que é possível produzir. Para isso, a assistência técnica é essencial, principalmente quando se trata de uma cultura nova “explica o gerente da Emater regional de Estrela, Derli Bonine.


Fonte: http://www.canalrural.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...