domingo, 13 de março de 2011

Agricultura Orgânica na América Latina em 2010 (dados 2008)

Na América Latina, 260.000 produtores utilizaram 8,1 milhões de hectares de terras agrícolas organicamente em 2008. Trata-se de 23 por cento de terra orgânica do mundo. Os países líderes são Argentina, Brasil e Uruguai. A maior parte das terras agrícolas orgânicos está nas Ilhas Falkland (37 por cento), Guiana Francesa, a República Dominicana e Uruguai. A maioria dos produtos orgânicos provenientes de países latino-americanos é vendida na Europa, América do Norte ou nos mercados japoneses. Os produtos mais populares são especialmente aqueles que não podem ser produzidos nessas regiões, bem como os produtos fora de época.
As culturas mais importantes são as frutas tropicais, grãos e cereais, café, cacau, açúcar e carnes. A maioria das vendas de alimentos orgânicos nos mercados domésticos dos países ocorre nas grandes cidades, como Buenos Aires e São Paulo. Dezoito países têm legislação sobre a agricultura orgânica, e três outros países estão atualmente desenvolvendo os regulamentos orgânicos.

Os tipos de apoio nos países latino-americanos vão desde programas de promoção da agricultura orgânica para apoiar o acesso ao mercado de agências de exportação. Em alguns países, o apoio financeiro limitado está sendo dado para pagar os custos de certificação durante o período de conversão. Um processo em curso importante em muitos países da América Latina é o estabelecimento de normas e padrões para o setor de orgânicos.




Fonte: The World of Organic Agriculture, edtion 2010

Um comentário:

  1. conheci seu blog esta semana e virei fã, estudo economia na faculdade mas sou "antenado" na área agrícola, continue postando regularmente, sucesso pra nós!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...