sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Alimentação está associada a estilo de vida saudável, mas não depende dos rendimentos, conclui estudo na Noruega

Uma em cada dez mulheres norueguesas consome alimentos orgânicos durante a gravidez. Leite, ovos, legumes, frutas e carnes foram os eleitos das 63 mil mulheres que responderam ao questionário do Instituto de Saúde Pública da Noruega. Os investigadores concluíram que o consumo destes alimentos está associado a três grupos de mulheres diferentes e não depende diretamente da escolaridade ou dos rendimentos. "Sabíamos pouco sobre o consumo de alimentos orgânicos durante a gravidez. O objetivo deste estudo foi descobrir o que é consumido e as características das mulheres que optam por cada tipo de comida", afirmou o estudante de doutoramento Hanne Torjusen.
As conclusões indicam que a maioria das grávidas adeptas de alimentos orgânicos são licenciadas ou pelo menos completaram o 12.o ano. Têm menos de 25 anos ou mais de 40 e tem uma "renda relativamente baixa" (menos de 38 mil coroas, ou 4 mil euros por ano). Grande parte do grupo com menos de 25 anos ainda estudava ou o namorado estudava. O peso que indicaram, no inquérito, era normal. O estudo concluiu ainda que estas mulheres fazem exercício físico com uma freqüência de pelo menos três vezes por semana. Muito poucas eram vegetarianas (0,2%), bebiam álcool (11,6%) ou fumavam (8,4%) durante a gravidez. "O consumo de alimentos orgânicos na gravidez não está inequivocamente associado a um estilo de vida saudável, mas não é exclusivamente associado aos de maior escolaridade e rendimentos", concluiu Hanne Torjusen.


Fonte: http://www.ionline.pt

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...