sábado, 11 de dezembro de 2010

O mercado mundial de alimentos orgânicos e bebidas está se recuperando da recessão econômica

O mercado mundial de alimentos orgânicos e bebidas está se recuperando da recessão econômica, com receitas projetadas para os EUA no valor de 60 bilhões de dólar este ano. Embora o crescimento tenha abrandado a partir de anos anteriores, as receitas nos E.U.A têm se expandido em três vezes a partir dos 18 bilhões de dólares em 2000. No seu novo relatório Global do mercado de alimentos e bebidas orgânicas o Organic Monitor concluiu que as vendas globais aumentaram apenas 4,7% em 2009, comparativamente há anos anteriores de expansão de dois dígitos.
O mercado europeu foi o mais afetado pela crise financeira, grandes varejistas de alimentos com suas gamas de produtos orgânicos diminuíram suas vendas devido à queda do poder de compra dos consumidores. O mercado de produtos orgânicos do Reino Unido se retraiu no ano passado, enquanto o mercado alemão estagnou. Em contraste, o mercado em alguns países - incluindo Portugal e França - mostrou superação, relatando taxas de crescimento superiores a 15%.
O mercado norte-americano de alimentos orgânicos e bebida continua mostrando um crescimento saudável. Ele superou o mercado europeu este ano, se tornando o maior do mundo. Embora os EUA já mostrassem um grande aumento nas fazendas orgânicas, o fornecimento de alimentos orgânicos continua aquém da demanda e os produtos orgânicos são importados de diversas regiões. A América Latina se tornou uma importante fonte de orgânicos como frutas, legumes, carnes, sementes e nozes.
O mercado de produtos orgânicos em outras regiões também está mostrando um crescimento saudável, especialmente na Ásia e na América Latina. A conscientização crescente dos consumidores da agricultura orgânica e o aumento da distribuição são os principais motores do crescimento do mercado nessas regiões. Os alimentos orgânicos estão se tornando amplamente disponíveis em grandes varejistas de alimentos, com o lançamento de alguns rótulos privados.
O Organic Monitor constatou a existência de projetos mundiais no setor de alimentos orgânicos e venda de bebidas que visam expandir as taxas de vendas a partir de 2011. A tendência segundo a pesquisa é de que as despesas de consumo subirão quando a economia mundial sair da recessão. Com o aumento da inflação dos alimentos se aproximando novamente, os preços dos produtos orgânicos estão previstas para aumentar.
O relatório considera que o diferencial de preço continua sendo um importante obstáculo para as taxas de adoção mais generalizada. Os preços elevados dos produtos orgânicos restringem a demanda de consumidores abastados. Um grande desafio é superar a percepção de que produtos orgânicos são caros. Apesar de alguns produtos orgânicos terem diferença de preço de apenas 15%,existe uma percepção dos consumidores que os alimentos orgânicos são caros. Projeções de crescimento futuro são dadas para a indústria de alimentos orgânicos.
A agricultura orgânica é praticada em 35 milhões de hectares em 154 países. O Organic Monitor espera um maior aumento nos campos agrícolas orgânicos nos países em desenvolvimento, enquanto a procura deverá manter-se concentrada nos países ricos. Embora a participação nas vendas da Ásia, Australásia e América Latina estão crescendo, os volumes de receitas permanece o mesmo na Europa e América do Norte. Os padrões orgânicos estão se tornando um entrave ao comércio mundial de produtos orgânicos. O número de padrões orgânicos está se proliferando, no entanto, há uma falta de harmonização entre as normas. Conseqüentemente, os produtores de alimentos orgânicos devem adotar padrões múltiplos para desenvolver uma presença internacional.
O Organic Monitor também vê convergência crescente entre orgânico e outros rótulos ecológicos. A crescente procura dos consumidores por produtos éticos e ecológicos está levando empresas de alimentos considerarem os vários rótulos ecológicos. As agências de certificação estão respondendo por integrar os valores da sustentabilidade em seus padrões orgânicos.
Assim, um número crescente de produtos biológicos são certificados como orgânicos e comércio justo. Esta evolução é mais evidente para as commodities, como café, chá, cacau e açúcar. O crescimento futuro da indústria de alimentos orgânicos é um dos principais temas da próxima Conferência de Alimentos Sustentáveis, que acontecerá em San Francisco nos dias 18 e 19 de janeiro de 2011. A conferência vai apresentar as últimas descobertas sobre o mercado mundial de alimentos orgânicos e bebidas, bem como as empresas irão mostrar que estão empurrando as fronteiras do setor de produtos orgânicos.



Fonte: http://www.organicmonitor.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...