terça-feira, 31 de agosto de 2010

Native é a empresa mais sustentável do Brasil, segundo ranking da Revista Imprensa


A Native, maior exportadora de açúcar orgânico do mundo, conquistou a primeira posição do ranking "As 100 empresas mais sustentáveis segundo a mídia", no segmento de Alimentos, Bebidas e Fumo, ficando à frente da AmBev e da Coca-Cola. O levantamento, realizado pela Revista Imprensa e publicado em sua última edição, foi feito com base na análise das companhias que melhor trabalharam sua imagem diante dos formadores de opinião através de reportagens dos principais veículos do setor.
Segundo Rodrigo Manzano, diretor editorial da revista, o ranking não revela quais empresas são mais sustentáveis, mas sim as que melhor são representadas diante da mídia, entre eles as redações. "Trata-se de uma iniciativa pioneira e exclusiva que põe foco na capacidade de multiplicação que os meios de comunicação têm", afirma Manzano.
A estratégia de comunicação da Native, desenvolvida pela Communicação Assessoria Empresarial, foi decisiva para que ela chegasse a esse patamar. A agência vem trabalhando para difundir os conceitos de agricultura orgânica do Grupo Balbo. “No início, o trabalho da Communicação foi o de construção da marca. Após a sua consolidação no mercado, o foco agora é mantermos a Native sempre como um case de sucesso no segmento, uma referência para todos os jornalistas que cobrem o setor. Isso vem acontecendo de forma progressiva e, por isso, a mídia espontânea cresce a cada ano”, analisa Graziele do Val, diretora da assessoria externa do Grupo.
A avaliação aponta as empresas que estiveram presentes no noticiário em função de suas boas práticas e ações sustentáveis, de acordo com um levantamento de conteúdo realizado pela Mídia B. A pesquisa analisou matérias publicadas nas revistas Veja, IstoÉ, IstoÉ Dinheiro, Época, Época Negócios, Exame, Carta Capital, América Economia e Amanhã-RS, que foram classificadas em quatro temas: Meio Ambiente, Transparência, Relações com os Diversos Públicos e Comunidade.
Em seu terceiro ano, o ranking da Revista Imprensa passou a considerar o desempenho de setor a setor, como Telecomunicações, Serviços Públicos, Papel e Celulose, Mineração e Comércio Varejista. No ranking geral, a Native também ocupou colocação de destaque, ficando com o terceiro lugar.

Pioneirismo na produção orgânica

Reconhecida por suas iniciativas pela preservação da natureza, a Native detém importantes certificações, como do IBD (Instituto BioDinâmico), Ecocert e EcoSocial, que estabelecem critérios de âmbito sócio-ambiental e exigem a adoção de programas de melhoria contínua, fomentando o desenvolvimento sustentável desde a base da cadeia produtiva.
Entre suas ações em prol do meio ambiente estão a mecanização de 100% da colheita de cana-de-açúcar; a adubação orgânica, muitas vezes provenientes de resíduos do próprio cultivo; e a auto-suficiência energética, resultado da queima limpa do bagaço da cana, sem emissão de gases do efeito estufa.
Além de açúcar, a linha de produtos da Native inclui café, achocolatado, suco de laranja e de maracujá, granola, cookies, azeite e bebida à base de soja, todos desenvolvidos a partir dos rígidos princípios da lavoura orgânica.


Fonte:Communicação Assessoria Empresarial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...