terça-feira, 27 de abril de 2010

Os alimentos orgânicos para bebês nos E.U.A podem ter de eliminar os ácidos graxos


Produtores de alimentos orgânicos podem ter de eliminar dois aditivos sintéticos largamente encontrados na fórmula de comida de bebê e leite orgânicos, enquanto se aguarda uma decisão final a ser feita pela administração Obama para manter a indústria de alimentos orgânicos com padrões mais elevados, de acordo com o Wall Street Journal.
A maioria dos fabricantes dos E.U.A de comida para bebê convencional e orgânica complementam os seus produtos com os ácidos graxos DHA e ARA por vários anos, a fim de torná-los mais parecido com o leite materno. Alguns estudos sugerem que o omega 3 ácidos graxos DHA e ômega-6 ácido graxo ARA afetam a cognição e a visão em bebês.
O Departamento de agricultura dos E.U.A, que não põe em causa a segurança dos aditivos, está respondendo a queixas de ativistas de que a administração Bush ignorou os procedimentos adequados quando decidiu incluir versões sintéticas dos ácidos gordos em uma lista de ingredientes não orgânicos que são, no entanto permitidos em produtos que levam o selo orgânico do USDA.
O USDA irá emitir diretrizes este ano, permitindo que os produtores reformulem os seus produtos. Um debate público será permitido durante 60 dias após o lançamento do projeto, e o USDA, em seguida, emitirá uma decisão final, de acordo com o WSJ.


Fonte:The Wall Street Journal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...