segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Hidroponia não é Orgânico


A maioria das plantas tem o solo como o meio natural para desenvolvimento das raízes, encontrando nele o seu suporte, fonte de água, ar e minerais necessários para sua alimentação e crescimento. As técnicas de cultivo sem solo substituem este meio natural por outro substrato, natural ou artificial, sólido ou líquido, que possa proporcionar à planta aquilo que, de forma natural, ela encontra no solo.
A Hidroponia consiste numa técnica de cultivar plantas em meio líquido rico em sais minerais. comprovadamente, a hidroponia, pelo menos aquela praticada em nível comercial, não funciona como um processo totalmente inorgânico.
Mas afinal, o que é a Hidroponia orgânica”? Os sistemas hidropônicos ditos orgânicos, mecanicamente, não apresentam nenhuma diferença dos convencionais inorgânicos, pois baseiam-se nos seis sistemas básicos conhecidos. A diferença está na solução de nutrientes. Esta, em vez de preparada a partir de sais minerais industrializados, é preparada a partir de dejetos animais e resíduos vegetais e animais biodigeridos em dispositivos conhecidos como bioiltros e biodigestores. Os biofiltros, beneficiam, através de um processo biológico, águas poluídas com excrementos de peixes, transformando-as numa solução de nutrientes.
Dos biodigestores, obtém-se o biofertilizantes e a partir deste, se prepara a solução de nutrientes. A Hidroponia, diferencia-se radicalmente da agricultura orgânica. Primeiro, porque é um sistema hidropônico, e como tal, não utiliza o solo, e segundo, porque produz plantas altamente sãs, e com elevado nível de assepsia. Uma das características mais importantes da hidroponia orgânica, é a possibilidade que ela nos possibilita de montar sistemas ecológicos fechados, onde tudo o que se utiliza é reciclado, não agredindo de modo algum o meio ambiente.
O grande argumento entre o orgânico e inorgânico se centra no uso de pesticidas sintéticos. As pragas em uma estufa hidropônica estão controladas por agentes biológicos em mais de 90 %. O controle de pragas através do manejo integrado de plagas (MIP) é o método amplamente aceitado. Este inclui o uso de agentes predadores os quais eliminam as pragas. Alguns pesticidas suaves como sabões (M-Pede), extratos de plantas (Azatin, Neemix), bactérias (Dipel, Vectobac), fungos (Mycoprop, BotaniGard) e outros são seguros para usar-se com agentes biológicos para controlar as infestações sem danificar os balances predador - presa. Isto coloca o produto hidropônico em um estado “livre de pesticida”, mas os produtores orgânicos argumentam que ainda não é orgânico devido ao uso de fertilizantes químicos.
Para ser realmente um cultivo hidropônico orgânico, se deveria usar nutrientes de fontes orgânicas tais como fertilizantes a base de peixe, extratos de plantas marinhas e outros fertilizantes “naturais” não refinados. Muitos destes fertilizantes orgânicos estão disponíveis para os cultivos de campo, como o solo que sempre provê um certo nível de nutrição para as plantas. Por outro lado, o cultivo hidropônico começa sem nada de nutrientes no substrato e geralmente com inadequadas quantidades na água. No entanto, a água freqüentemente contém carbonatos de cálcio e magnésio, ferro, boro, zinco e outros micronutrientes. Seus níveis geralmente não são ótimos e portanto a água requer nutrientes adicionais. Algumas vezes os níveis de micronutrientes podem estar muito altos e terão que ser removidos da água.
No entanto, os fertilizantes inorgânicos atuam da mesma maneira que os orgânicos no término de assimilação da planta. Todos têm que ser descompostos em formas iônicas e unir-se aos colóides do solo (em caso de cultivo em solo) e logo são liberados na água que rodeia as raízes das plantas (o qual é o mesmo como solução nutritiva em hidropônia). Logo toma lugar o intercâmbio iônico entre as raízes da planta e a solução nutritiva. Fisiologicamente as plantas não diferem no intercâmbio iônico entre a solução solo ou solução nutritiva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...