segunda-feira, 6 de abril de 2009

Aditivos alimentares acidentais


Os aditivos acidentais são aqueles que estão nos alimentos de forma não intencional. São exemplos desses aditivos:

-Resíduos de agrotóxicos utilizados no combate as pragas e que permanecem nos vegetais, contaminando inclusive os animais que se alimentam deles. Ao ingerirmos esses vegetais a animais, ingerimos também pequena parcela de agrotóxicos. O emprego abusivo de agrotóxicos e a colheita de vegetais antes do término do período de carência são responsáveis pela contaminação dos alimentos, que tem atingido níveis alarmantes em alguns países, como o Brasil, onde se constata, por exemplo, a presença de DDT (um pesticida largamente utilizado).

-Resíduos de antibióticos utilizados no combate as doenças do gado e das aves que são encontrados nas carnes e no leite, incorporam-se, assim no nosso organismo.

-Detergentes utilizados na limpeza das máquinas processadoras de alimentos Óleos usados na lubrificação das máquinas, principalmente na industria de panificação

-Substâncias utilizadas na fabricação de embalagens, capazes de contaminar os alimentos.

-A última é uma que é difícil de acontecer, ela é por contaminação radioativa, que pode ocorrer pela utilização de armas nucleares, ou por acidente em usinas nucleares, como por exemplo a usina de Chernobyl, na Ucrânia, antiga União Soviética.

O consumo de produtos orgânicos reduz a a possibilidade de ser ingerido os aditivos acidentais que podem provocar nos seres humanos, desde uma simples intoxicação até doenças mais graves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...