segunda-feira, 23 de março de 2009

Pesquisa avalia a produção de feijão orgânico

O feijão, um dos alimentos básicos da alimentação brasileira foi avaliado por pesquisa da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" - USP/ESALQ. A produção orgânica foi o foco do estudo que levantou as vantagens desse tipo de sistema.Em sua pesquisa de mestrado a agrônoma Jacqueline Camolese de Araújo, avaliou as características e o comportamento do feijão de inverno irrigado no sistema orgânico de produção. O estudo foi desenvolvido na Fazenda Areão, estação experimental pertencente à ESALQ. Foram avaliadas variedades do grupo Carioca (BRS-Pérola, BRS-Aporé, IAC- Votuporanga e IPR- Juriti) e do Grupo Preto (IAC-Tunã e BRS-Valente).Jacqueline aponta como principal vantagem desse tipo de plantio a garantia de um produto livre de agrotóxicos, que não polui o ambiente e não prejudica a saúde humana, "principalmente a do produtor rural", preocupa-se a agrônoma.
A produção orgânica beneficia principalmente os pequenos agricultores, segundo ela, "numa pequena área conseguem um boa produção e um bom preço, pois a procura é alta". A produtividade do feijão orgânico estudado foi excelente, na avaliação de Jacqueline. "No meu experimento a produção em média de 3.500 kg/ha, enquanto a média da plantação tradicional é de 2500 a 3500 kg/ha", explica. "É um grande estímulo à continuação das pesquisas, a produtividade é igual, com muitos mais benefícios".Jacqueline está iniciando agora a pesquisa de doutorado, também na mesma área. O foco do estudo agora são mini tubérculos de batata semente em sistema orgânico.


Fonte:Danielle Jordan / AmbienteBrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...