sábado, 28 de fevereiro de 2009

Insumos alternativos e serem aceitos na agricultura agroecológica

Para serem considerados como insumos alternativos e serem aceitos na agricultura agroecológica, todos os produtos e substâncias ( químicos, orgânicos, biológicos ou naturais) devem atender os seguintes requisitos:

>Terem mínima ou nenhuma toxicidade (pertencentes ao grupo toxicológico IV).
>Terem eficiência no combate a insetos ou microorganismos nocivos às plantas.
>Terem custo reduzido para sua aquisição e emprego no campo.
>Serem de manejo e aplicação simples Devem ser fáceis de se obter.

A seguir são apresentados, os mais conhecidos insumos agroecológicos:

1. Plantas Defensivas:
O emprego de extratos, chás ou sucos de plantas, é uma alternativa viável para o combate de muitas pragas e doenças.

Alho
O extrato de alho tem ação fungicida, combatendo doenças como o míldio e ferrugens, e ação bactericida. É utilizado também como repelente de insetos nocivos como a lagarta da maçã e o pulgão.

Chá de Cavalinha (Equisetum arvense ou Equisetum giganteum)
Indicado e empregado na horticultura, aumenta a resistência da planta contra insetos nocivos em geral.

Cravo de Defunto
Combate pulgões, ácaros e algumas lagartas.

Fumo (Nicotina)
A nicotina contida no fumo é um excelente inseticida, tendo ação de contato contra pulgões, tripes e outras pragas. Quando aplicada como cobertura do solo, pode prevenir o ataque de lesmas, caracóis e lagartas cortadeiras.

Neem ou nim (Azaridachta indica)
Têm como príncipio ativo a azadiractina, encontrada nas folhas e nos frutos, é indicada para o combate à traças, lagartas, pulgões, gafanhotos, agindo como inseticida e repelente de pragas em geral.

Pimenta
Tem boa eficiência quando concentrada e misturada com outros defensivos naturais no combate aos pulgões, vaquinhas, grilos e lagartas.

Primavera ou Maravilha (Bougainvillea spectabilis ou Mirabilis jalapa)
Resultante da extração do suco das folhas destas plantas, torna-se um método eficiente para imunizar mudas de tomate contra vira cabeça do tomateiro.

Urtiga
Planta empregada principalmente na horticultura, ela é útil no combate aos pulgões e para aumentar a resistência natural.

2. Produtos Orgânicos como Agentes Defensivos

Cinzas
A cinza de madeira é um material rico em potássio, recomendado no controle de pragas e até de algumas doenças, podendo ser aplicado na mistura com outros produtos naturais.

Farinha de Trigo
A farinha de trigo de uso doméstico pode ser efetiva no controle de ácaros, pulgões e lagartas em hortas domésticas e comunitárias. Pulverizando-se de manhã as folhas atacadas, a farinha seca ao sol, formando uma película que envolve as pragas e fazendo com que estas caiam com o vento.

Leite
O leite em sua forma natural ou como soro é indicado para o controle de ácaros e ovos de diversas lagartas, assim como no combate à várias doenças fúngicas e viróticas.

Sabão e suas Misturas
O sabão (não detergente) tem efeito inseticida e quando acrescentado a outros defensivos naturais pode aumentar a sua efetividade. Sozinho, tem bom efeito sobre muitos insetos de corpo mole como o pulgão, as lagartas e moscas brancas. A emulsão de sabão e querosene transforma-se em um inseticida de contato, bastante indicado para o combate a insetos sugadores.

3. Fertilizantes Agrícolas

Alternativos
Utilizados como adubos foliares, estes fertilizantes têm como principal função a manutenção de uma nutrição equilibrada da planta, levando-a desta forma a um aumento de sua resistência natural contra pragas e moléstias.

Calda Biofertilizante
É preparada com estercos animais, restos de culturas, capins e resíduos orgânicos em um processo de fermentação anaeróbica ou aeróbica. Existem vários produtos que podem ser utilizados para enriquecerem o biofertilizante.

Supermagro
Indicado como fonte suplementar às plantas, o supermagro consiste em um biofertilizante enriquecido com micronutrientes. É importante que a diluição correta seja respeitada na aplicação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...